quarta-feira, 2 de novembro de 2016

COMO DEVO ALIMENTAR O MEU CÃO / GATO DA FORMA MAIS SAUDÁVEL POSSÍVEL?

Já percebeu como a pegada da alimentação natural vem sendo cada vez mais enfatizada  quando o assunto é saúde em medicina humana? Os médicos, os nutricionistas, os nutrólogos humanos estão fazendo grandes esforços no sentido de reeducar as pessoas quanto a necessidade de modificar os hábitos alimentares e de estilo de vida para uma saúde integral e uma melhoria na qualidade de vida. Indicam a ingestão de mais e mais alimentos naturais, integrais, orgânicos, nutricionalmente competentes e funcionais que sejam não só capazes de alimentar, como de nutrir! E porque com os nossos bichos isso seria diferente? Porque um alimento industrializado, produzido com refugos da indústria de alimentos processados humanos, com ingredientes duvidosos, cheios de aditivos químicos como conservantes, corantes e palatabilizantes poderia ser nutricionalmente completo e eficiente para nossos cães e gatos em detrimento de um bom prato de comida?



Se pararmos para pensar no que é próprio para cada espécie, no que cães e gatos comeriam se não fossem domesticados e vivessem em condições de liberdade e tivessem que alimentar-se por conta própria na natureza, chegaríamos ao ideal da alimentação deles: variedade, ingredientes naturais e de qualidade. Resgatar o que é próprio da espécie aproxima o indivíduo da saúde na íntegral.


E QUE CARDÁPIO DEVEMOS UTILIZAR PARA ESTARMOS REALMENTE PROPORCIONANDO SAÚDE AOS NOSSOS BICHOS?

Uma dieta caseira deve ser nutricionalmente completa e balanceada para a espécie em questão, idade e condição física, assim como requer um equilíbrio de nutrientes que varia conforme a linha de nutrição pet que se segue. Básicamente pode-se falar em alimentos cozidos, alimentos crús com ossos e crús sem ossos, seguindo a linha de alimentação natural do site Cachorro Verde da competentíssima veterinária nutróloga Dra. Sylvia Angélico a qual sigo e devo muito do meu conhecimento em nutrição natural. Se você ainda não visitou esse site, faça-o. É o mais completo site de nutrição natural em língua portuguesa e está recheado de informações que vão te capacitar a alimentar e nutrir seu cão ou gato da forma mais eficiente e saudável.                        

Utilizamos basicamente 4 categorias de alimentos para formularmos essas dietas:
-Proteínas: carnes variadas, ovos e alguns derivados e fermentados lácteos 
-Vísceras animais        
-Carboidratos como tubérculos e grãos
-Vegetais dos mais variados
Ao montarmos o cardápio devem ser levados em consideração quais os itens são encontrados com mais facilidade na sua localidade, vegetais da estação, preço e relevância nutricional no cardápio do paciente a ser alimentado, além é claro do gosto pessoal de cada um deles e da tolerância ao alimento.
Além dos ingredientes básicos dessas categorias, complementos como cálcio, vitaminas, minerais, óleos saudáveis e nutracêuticos podem ser necessários para enriquecer a dieta conforme a necessidade individual de cada peludo.      


                                               
E QUAIS AS VANTAGENS EM ALIMENTAR CÃES E GATOS COM DIETA CASEIRA BALANCEADA?
São muitas! Vamos a algumas delas:
- ausência de corantes, conservantes e químicas prejudiciais à saúde
- grande variedade de nutrientes conforme a variação do cardápio
- saúde oral: menor incidência de patologias bucais
- saúde intestinal : melhora na composição da microbiota intestinal (antigamente chamada flora intestinal), na consistência, tamanho e odor das fezes, maior aproveitamento de nutrientes
- melhora da imunidade no geral já que 70-80% da imunidade é regida via saúde intestinal
- controle de peso mais fácil
- boa nutrição implica em profilaxia da grande maioria das doenças
- alta digestibilidade dos alimentos frescos com excelente assimilação dos nutrientes que compõe os alimentos naturais
- fezes menores, com menos cheiro e consistência nem ressecada nem úmida demais
- melhora incrível da condição da pele e pelagem; menos odores no hálito, nas secreções naturais, na pele
- maior palatabilidade, você nunca mais vai ter que implorar pro seu peludo comer
- menos pulgas/carrapatos já que um organismo equilibrado e sadio é sempre menos interessante ao ataque de parasitas do que um organismo já debilitado que não cria empecilhos para a “tomada” do hospedeiro
- maior vitalidade e disposição anímica
- resgate da cachorrice e da gatice que o cardápio próprio a cada espécie traz ao bicho



E EXISTEM DESVANTAGENS NA ALIMENTAÇÃO NATURAL CASEIRA BALANCEADA?
Cozinhar para o seu cão requer um bom grau de determinação, organização e foco já que você não vai simplesmente comprar a ração e abrir o saco e servir o seu amigão:
- Organizar-se para comprar, preparar, fazer as porções, congelá-las e lembrar de descongelar 1 dia antes
- Ter um freezer adequado ao tamanho dos seus cães para que possa congelar as porções e facilitar a sua logística
- O trabalho adicional que certamente será compensado pela alegria da turma peluda e pela saúde que irá gerar
- O fato de que a grande maioria dos veterinários convencionais é extremamente refratário e contrário a esse tipo de dieta pois é o tipo de coisa que não se aprende nas Universidades  e sempre vão acusar a dieta natural por todo e qualquer “problema” que o bicho tiver. É mais difícil de achar profissionais que entendam, planejem e recomendem a dieta natural, mas isso está mudando e você já pode encontrar um bom número deles buscando na internet
- Necessidade de complementação de cálcio no caso das dietas sem ossos. Isso não chega a ser um problema exatamente, já que hoje já temos uma linha específica para cães alimentados com dieta caseira como os produtos Botupharma.
- No caso de mais de um bicho comendo a alimentação natural certamente você terá que fiscalizar o momento da refeição para evitar brigas, isso é muito importante!
- Se você tem um peludo com alguma doenças específica como diabetes, doença cardíaca, câncer, cálculos urinários e tantas outras patologias é necessário o acompanhamento de um veterinário que possa fazer um cardápio terapêutico para o seu amigo, não complique o caso tentando fazer sozinho algo que necessita de uma consultoria especializada. Se não é pra fazer direito, melhor não fazer!
E COMO OBTER ORIENTAÇÃO ESPECIFICA PARA FAZER ESSA TROCA ALIMENTAR?
- Graças ao site do Cachorro Verde você tem disponível um roteiro bem detalhado de como preparar o cardápio dos peludos, contanto que eles sejam comprovadamente saudáveis e possam comer uma dieta básica formulada de forma simples e eficiente. Também existem diversos veterinários já capacitados pra te orientar nesse importante passo pra saúde integral dos seus bichos e eu, Carmen Cocca, sou uma delas e terei o prazer enorme em ajuda-los nesse passo fundamental para uma saúde integral dos seus cães e gatos. Escreva para consultoriaonline@bichointegral.com.br que te enviarei informações!

E não esqueçam de dar uma olhadinha lá na loja do Bicho Integral no setor de Alimentação Natural pois temos muitos produtos bacanas pra incrementar a dieta do seu amigão!

Eles agradecem! 

COMO DEVO ALIMENTAR O MEU CÃO / GATO DA FORMA MAIS SAUDÁVEL POSSÍVEL?

Já percebeu como a pegada da alimentação natural vem sendo cada vez mais enfatizada  quando o assunto é saúde em medicina humana? Os médicos, os nutricionistas, os nutrólogos humanos estão fazendo grandes esforços no sentido de reeducar as pessoas quanto a necessidade de modificar os hábitos alimentares e de estilo de vida para uma saúde integral e uma melhoria na qualidade de vida. Indicam a ingestão de mais e mais alimentos naturais, integrais, orgânicos, nutricionalmente competentes e funcionais que sejam não só capazes de alimentar, como de nutrir! E porque com os nossos bichos isso seria diferente? Porque um alimento industrializado, produzido com refugos da indústria de alimentos processados humanos, com ingredientes duvidosos, cheios de aditivos químicos como conservantes, corantes e palatabilizantes poderia ser nutricionalmente completo e eficiente para nossos cães e gatos em detrimento de um bom prato de comida?



Se pararmos para pensar no que é próprio para cada espécie, no que cães e gatos comeriam se não fossem domesticados e vivessem em condições de liberdade e tivessem que alimentar-se por conta própria na natureza, chegaríamos ao ideal da alimentação deles: variedade, ingredientes naturais e de qualidade. Resgatar o que é próprio da espécie aproxima o indivíduo da saúde na íntegral.


E QUE CARDÁPIO DEVEMOS UTILIZAR PARA ESTARMOS REALMENTE PROPORCIONANDO SAÚDE AOS NOSSOS BICHOS?

Uma dieta caseira deve ser nutricionalmente completa e balanceada para a espécie em questão, idade e condição física, assim como requer um equilíbrio de nutrientes que varia conforme a linha de nutrição pet que se segue. Básicamente pode-se falar em alimentos cozidos, alimentos crús com ossos e crús sem ossos, seguindo a linha de alimentação natural do site Cachorro Verde da competentíssima veterinária nutróloga Dra. Sylvia Angélico a qual sigo e devo muito do meu conhecimento em nutrição natural. Se você ainda não visitou esse site, faça-o. É o mais completo site de nutrição natural em língua portuguesa e está recheado de informações que vão te capacitar a alimentar e nutrir seu cão ou gato da forma mais eficiente e saudável.                       



Utilizamos basicamente 4 categorias de alimentos para formularmos essas dietas:
-Proteínas: carnes variadas, ovos e alguns derivados e fermentados lácteos 
-Vísceras animais        
-Carboidratos como tubérculos e grãos
-Vegetais dos mais variados
Ao montarmos o cardápio devem ser levados em consideração quais os itens são encontrados com mais facilidade na sua localidade, vegetais da estação, preço e relevância nutricional no cardápio do paciente a ser alimentado, além é claro do gosto pessoal de cada um deles e da tolerância ao alimento.
Além dos ingredientes básicos dessas categorias, complementos como cálcio, vitaminas, minerais, óleos saudáveis e nutracêuticos podem ser necessários para enriquecer a dieta conforme a necessidade individual de cada peludo.      


                                               
E QUAIS AS VANTAGENS EM ALIMENTAR CÃES E GATOS COM DIETA CASEIRA BALANCEADA?
São muitas! Vamos a algumas delas:
- ausência de corantes, conservantes e químicas prejudiciais à saúde
- grande variedade de nutrientes conforme a variação do cardápio
- saúde oral: menor incidência de patologias bucais
- saúde intestinal : melhora na composição da microbiota intestinal (antigamente chamada flora intestinal), na consistência, tamanho e odor das fezes, maior aproveitamento de nutrientes
- melhora da imunidade no geral já que 70-80% da imunidade é regida via saúde intestinal
- controle de peso mais fácil
- boa nutrição implica em profilaxia da grande maioria das doenças
- alta digestibilidade dos alimentos frescos com excelente assimilação dos nutrientes que compõe os alimentos naturais
- fezes menores, com menos cheiro e consistência nem ressecada nem úmida demais
- melhora incrível da condição da pele e pelagem; menos odores no hálito, nas secreções naturais, na pele
- maior palatabilidade, você nunca mais vai ter que implorar pro seu peludo comer
- menos pulgas/carrapatos já que um organismo equilibrado e sadio é sempre menos interessante ao ataque de parasitas do que um organismo já debilitado que não cria empecilhos para a “tomada” do hospedeiro
- maior vitalidade e disposição anímica
- resgate da cachorrice e da gatice que o cardápio próprio a cada espécie traz ao bicho



E EXISTEM DESVANTAGENS NA ALIMENTAÇÃO NATURAL CASEIRA BALANCEADA?
Cozinhar para o seu cão requer um bom grau de determinação, organização e foco já que você não vai simplesmente comprar a ração e abrir o saco e servir o seu amigão:
- Organizar-se para comprar, preparar, fazer as porções, congelá-las e lembrar de descongelar 1 dia antes
- Ter um freezer adequado ao tamanho dos seus cães para que possa congelar as porções e facilitar a sua logística
- O trabalho adicional que certamente será compensado pela alegria da turma peluda e pela saúde que irá gerar
- O fato de que a grande maioria dos veterinários convencionais é extremamente refratário e contrário a esse tipo de dieta pois é o tipo de coisa que não se aprende nas Universidades  e sempre vão acusar a dieta natural por todo e qualquer “problema” que o bicho tiver. É mais difícil de achar profissionais que entendam, planejem e recomendem a dieta natural, mas isso está mudando e você já pode encontrar um bom número deles buscando na internet
- Necessidade de complementação de cálcio no caso das dietas sem ossos. Isso não chega a ser um problema exatamente, já que hoje já temos uma linha específica para cães alimentados com dieta caseira como os produtos Botupharma.
- No caso de mais de um bicho comendo a alimentação natural certamente você terá que fiscalizar o momento da refeição para evitar brigas, isso é muito importante!
- Se você tem um peludo com alguma doenças específica como diabetes, doença cardíaca, câncer, cálculos urinários e tantas outras patologias é necessário o acompanhamento de um veterinário que possa fazer um cardápio terapêutico para o seu amigo, não complique o caso tentando fazer sozinho algo que necessita de uma consultoria especializada. Se não é pra fazer direito, melhor não fazer!
E COMO OBTER ORIENTAÇÃO ESPECIFICA PARA FAZER ESSA TROCA ALIMENTAR?
- Graças ao site do Cachorro Verde você tem disponível um roteiro bem detalhado de como preparar o cardápio dos peludos, contanto que eles sejam comprovadamente saudáveis e possam comer uma dieta básica formulada de forma simples e eficiente. Também existem diversos veterinários já capacitados pra te orientar nesse importante passo pra saúde integral dos seus bichos e eu, Carmen Cocca, sou uma delas e terei o prazer enorme em ajuda-los nesse passo fundamental para uma saúde integral dos seus cães e gatos. Escreva para consultoriaonline@bichointegral.com.br que te enviarei informações!

E não esqueçam de dar uma olhadinha lá na loja do Bicho Integral no setor de Alimentação Natural pois temos muitos produtos bacanas pra incrementar a dieta do seu amigão!

Eles agradecem! 

domingo, 16 de outubro de 2016

Saiba como escolher o melhor shampoo para seu cão e gato


Assim como na nossa pele, na pele dos nossos peludos encontramos grande quantidade de vasos sanguíneos, glândulas e terminações nervosas que sofrem os efeitos das químicas que usamos quando resolvemos banhá-los. Nesse ato de banhar podemos estar expondo nossos queridos peludos a perigos que você nem imagina.

Dentre as muitas funções da pele, maior órgão do corpo e mais externo, está a de barreira contra injúrias vindas do ambiente externo, sejam elas físicas, químicas ou biológicas, a regulação da temperatura corpórea, o equilíbrio da troca líquida do meio interno com o externo (hidratação/desidratação), o controle microbiológico através da microbiota saudável e natural da pele (bactérias e leveduras do bem) que ajuda no combate a invasores, além da função sensorial (receptores de calor, dor e neurotransmissores) e sem dúvida é um órgão de expressão do equilíbrio orgânico, onde se manifestam os desequilíbrios físicos e psíquicos. Com toda essa complexidade de funções e ainda o fato de ser o órgão de comunicação com o mundo externo, nada mais justo que a encaremos com todo o cuidado e atenção que merece.


Muitos dos produtos que encontramos hoje no mercado pet para cuidados com a pelagem utilizam a pegada “natural” para direcionar nichos de interesse e estimular vendas....só que não é bem assim! O fato de alguns shampoos incluírem alguns ingredientes naturais e/ou orgânicos misturados a uma gama enorme de químicas disfarçadas não faz dele um shampoo natural.

Ao buscarmos informações quanto aos shampoos naturais disponíveis no mercado e que poderíamos vender em nossa loja virtual nos surpreendemos com a grande quantidade de falsos naturais que encontramos, com os quais erroneamente nos dispusemos a trabalhar e estamos aqui para compartilhar tudo o que descobrimos nessa pesquisa com vocês, tutores preocupados com a qualidade dos produtos usados em seus amigos peludos.

Natural ou não?


Vamos responder a essa questão juntos, depois de verificarmos os ingredientes listados abaixo e que você certamente encontrará no seu shampoo e no dos seus queridos peludos. Esse novo conhecimento fará com que reflitamos quanto a quais shampoos vamos querer usar neles e em nós mesmos!

Lauril sulfato de sódio é um tensoativo, detergente e emulsificante que tem a função de capturar o óleo e a sujeira do cabelo humano (sim, também é usado em shampoos humanos!) e do pelame do cão e do gato. Só que ele tira todos os óleos, ruins e bons, da superfície do pelo e da pele e podem inclusive causar irritações na pele dos peludos. O subproduto do Lauril sulfato de sódio, chamado 1,4-dioxano é reconhecido por sua ação carcinogênica. Alguns efeitos negativos dessa substância em organismos vivos listados são: neurotoxicidade, desconexão endócrinas (disruptores endócrinos), alterações bioquímicas e celulares a nível de derme, irritação da pele e olhos, dentre outros.

Dioxano
A substância 1,4 dioxano é classificada como de alto risco pois apresenta alta capacidade cancerígena para seres humanos e animais, provocando importantes alterações em sistema nervoso central, rins e fígado. Também é importante contaminante de lençóis freáticos!

Diethanolamine ou DEA
Essa substância reage com conservantes nitrito e contaminantes para criar nitrosodietanolamina (NDEA), um conhecido e potente agente cancerígeno. Estudos indicam que ele parece bloquear a absorção de colina, aminoácido vital no desenvolvimento cerebral de todas as espécies animais. Esse aminoácido é especialmente importante na formação do feto e portanto requer atenção redobrada quando utilizado por mulheres grávidas ao banharem seus cães e gatos, além do próprio efeito nas fêmeas prenhes que utilizam esses produtos no banho.

Cocomide DEA ou MEA
O prefixo coco aqui dá uma falsa impressão de que é natural já que todos conhecem as maravilhosas funções do coco na saúde de animais e humanos. Esse produto não apresenta as maravilhas funcionais do coco, sendo usado em cosmetologia para produzir espumas no banho. Segundo o FDA (Food and Drug Administration), entidade americana usada como referência internacional quando o assunto é alimento ou drogas, essa substância é Classe Moderada dentro das cancerígenas, mas ainda assim potencialmente cancerígena, além de classifica-lo como disruptor endócrino, em especial da glândula tireóide. Aqui começamos a entender o porque de tantos problemas endócrinos em nossos queridos amigos peludos, além é lógico, dos nossos próprios!



Cocamidopropyl Betaine
Novamente o prefixo coco aparece aqui pra dar um ar de naturalidade à formulação, pelo fato de ser derivado do coco. Este produto químico é conhecido por causar irritação da pele, olhos e pulmões. Suspeita-se também que seja nocivo para o ambiente. Sob altas temperaturas e condições ácidas, ele também pode produzir nitrosaminas (compostos cancerígenos).
Perfumes
Muito cuidado com os aromatizantes que compõe o shampoo do seu peludo. Não esqueça que o olfato do cão é especialmente mais especializado e sensível que o nosso e por isso, perfumes que não sejam extraídos de plantas ou não se apresentem na forma de óleos essenciais devem ser rejeitados. Aromas e fragrâncias artificiais são responsabilizados por alteração na função imune do animal e de quem o banha e convive com ele, assim como reações alérgicas e de neurotoxicidade. 
Propileno Glicol
Além de um forte irritante da pele e causador de lesões importantes em fígado, rins e estômago, interfere com a absorção de nutrientes no intestino, causa deficiência de ferro e disfunção imunológica. Esse solvente é utilizado como anticongelante e selante em refrigeradores, motores de avião, tintas, esmaltes e outros, mas na cosmetologia é usado como umectante (retenção de umidade). Será possível que não hajam outros produtos mais seguros pra se utilizar em produtos pra cuidarmos da nossa pele/cabelo e da pele/pelo dos nossos bichos?

Polysorbatos
Emulsificante barato utilizado para que óleo e água se liguem e para que os perfumes se misturem às soluções, vem sendo responsabilizado por alterar o pH da pele e cabelo, além de conter Dioxane quando contaminado, composto sabidamente cancerígeno.

Parabenos
Esses são os grandes vilões da cosmetologia utilizados como conservantes, tem ação sabidamente carcinogênica, inibem a atividade da testosterona e tem efeitos muito semelhantes aos estrógenos (ginecomastia em homens, depósito de gordura e diminuição da massa muscular, câncer de mama, útero e bexiga). 
Você pode achá-los descritos nos rótulos como: metilparabeno, etilparabeno, propilparabeno, butilparabeno, parabeno isobutil ou E216. Sua utilização visa aumentar o prazo de validade dos produtos evitando contaminação por fungos e bactérias....e deixa de presente o câncer! 
Outros estudos também ligaram parabenos a desordens neurológicas e endócrinas como disruptores. Quer mais, ou tá bom assim?

Os ftalatos
Disruptores hormonais femininos e masculinos. Sua utilização relaciona-se com a fixação da fragrância às bases do sabão.

Corantes artificiais
São os mais conhecidos causadores de câncer e alergias.
Alguns exemplos pra deixar claro o que você deve procurar no rótulo dos shampoos: amarelo tartazina, D&C, FD&C, yellow 5 e muitos outros.

Etoxilado
Emulsificante que prejudica a defesa natural da pele, rompendo sua barreira de proteção e deixando mais vulnerável à desidratação e a entrada de microorganismos.

Óleo mineral
Utilizado na indústria cosmética como hidratante, emoliente e lubrificante, é um derivado de petróleo (subproduto da gasolina!) relacionado a alterações cutâneas como dermatites, eczemas, pústulas e pele ressecada. Veda os poros da pele impedindo-a de lançar seus próprios óleos à superfície para proteger-se, assim como impede que o organismo jogue suas toxinas fora. Também chamado paraffin oil ou mineral oil.

Álcool isopropílico
Esse álcool ao entrar em contato com o corpo transforma-se em acetona, que irrita e intoxica a pele, o coração e o pulmão, além de deprimir seu funcionamento. Alteram significativamente a hidratação da pele.
Outros nomes e outros álcoois igualmente nocivos: isopropanolol, isopropilo (DP-40)

Methylchloroisothiazolinone
Poderoso agente cancerígeno que também sobrecarrega e intoxica diversos órgãos, é usado como conservante e antifúngico.


E os condicionadores?

Absolutamente desnecessários quando você utiliza shampoos livres dessas porcarias descritas acima que tiram a oleosidade natural e protetora do cabelo, substituindo-a por óleos artificiais. Mas se faz questão de usar e acha que o pelo do seu bicho precisa disso pra ficar saudável, temos uma opção natural pra você de condicionador da Saboaria Artesanal.

Vamos pensar juntos:
  • Os pelos do seu cão cobrem toda a superfície corpórea dele;
  • Sofrem trocas de pelo a cada 21-23 dias;
  • Produzem suas próprias gorduras que protegem a pele e o pelo a partir de matéria prima vinda de alimentação saudável.
Então porque tanto banho e tanta química pra banhar? Menos banho e menos química só irão acrescentar a saúde integral do seu cão.
Esse é o banho bom!!!!!
Então como eu faço pra banhar meus cachorros com segurança ?


Use preferencialmente sabonetes à shampoos. Porque ? Por serem eficientíssimos na retirada de sujeira e terem muito menos química em sua formulação. Ainda assim prefere shampoo? Então procure shampoos livres dessas substâncias citadas acima e que utilizem as substâncias citadas abaixo, naturais, produzidos de forma artesanal, com óleos saponificados, óleos essenciais e extratos botânicos.                                             

Ingredientes naturais pra você e para os seus peludos: 
  • Óleo de coco, oliva,  jojobaandiroba, amêndoas, mamona;
  • Óleos essenciais  em sua grande variedade, especialmente utilizados em situações específicas para hidratar, fortalecer, fortificar, embelezar; 
  • Conservantes naturais como vit. C, E, extratos de ervas como alecrim e tomilho e alguns óleos essenciais como o de orégano e canela
  • Extratos de ervas como a maravilhosa babosa (Aloe Vera), alecrim e uma infinidade de outras maravilhas da natureza.
Os sabões saponificados utilizam soda cáustica no processo chamado lixívia, na qual a soda (base alcalina) ao entrar em contato com a gordura resulta em sabão + glicerina. O processo cold process a frio é o melhor por manter os efeitos medicinais dos óleos essenciais e extratos herbais.
dicas sobre xampu natural para dar banho no seu cachorro

Diferenças dos shampoos, sabonetes e condicionadores naturais: 
  • Fazem menos espuma;
  • São menos viscosos, não utilizam espessantes; 
  • Devido a ausência de corantes, os shampoos naturais variam de um castanho claro a um castanho escuro, mais opacos nas temperaturas mais frias e mais translúcidos nas temperaturas mais quentes;
  • Condicionadores apresentam uma textura mais leve e gelatinosa;
  • Sabonetes fabricados pelo cold process (à frio) são mais macios e devem ser colocados em saboneteiras com drenos, para que não amoleçam ao ficarem semi-imersos em água. São mais macios e mais hidratantes em relação aos convencionais.
A mudança de uma linha de produtos de saboaria convencional para uma linha artesanal sem aditivos deve ser feita observando-se uma fase de adaptação do pelame e da pele do cão, assim como do cabelo e da pele do tutor, pois nas primeiras lavagens o pelo e o cabelo ficarão com aspecto mais “pesado” e oleoso, sem muito movimento. À medida que as lavagens se sucedem, toda a química impregnada nos fios vai sendo retirada, novos pelos/cabelos surgem e então o novo shampoo / sabonete pode agir e responder melhor aos itens leveza e movimento. 

Cães não precisam nem devem ser banhados com frequência, não há a necessidade disso. Estipule um prazo condizente com o manejo dele. Certamente um cão que dorme na cama com os tutores ou na no sofá da sala precisa de mais banhos do que um cão que dorme no quintal; os que tem um cheiro mais marcante talvez precisem de um banho mais frequente. Use o bom senso e um bom shampoo ou sabonete.

Use mais sabonetes do que shampoo, eles limpam melhor!
Gatos não precisam tomar banho! Não faz parte de uma necessidade da espécie. Eles se lavam lambendo-se. Preserve esse hábito, mantenha a gatice que lhe pertence.



E quem já não ouviu dizer que shampoo de gente não deve ser usado em bichos pois o pH da pele é diferente e vai fazer mal e blábláblá.... mais uma sementinha plantada pelo conflito de interesses das grandes empresas! Vamos acordar? As fábricas de ração querem que você acredite que ração é melhor que comida natural! Os grandes laboratórios de medicamentos veterinários também querem fazê-lo acreditar em que doenças se tratam com remédios, um pra cada coisa, um pra cada espécie e que vacinas quanto mais melhor, que doenças se curam com remédios e não com com alterações no estilo de vida e blábláblá.... Shampoos sem química não fazem mal, sejam para pessoas ou para bichos! A pele tem um enorme potencial de neutralização de ácidos fracos ou bases. Usando produtos com matéria prima de primeira qualidade, naturais, sem aditivos teremos melhores resultados gerais e daí você experimenta qual vai ser melhor pra esse ou aquele cão.

Quer cuidar de forma integral e natural do seu amigo peludo?



Fiscalize os rótulos, verifique os ingredientes, pesquise a filosofia da empresa que o produz, verifique se testam produtos em animais, se os produtos são 100% biodegradáveis e se a empresa tem envolvimentos sócio-ambientais com uma pegada sustentável, se eles fazem a diferença ... Faça você também a diferença!



Fontes:
http://serdanatureza.blogspot.com.br/2012/06/diferencas-e-beneficios-da-cosmetica.html


Quer ver um vídeo delícia pra relaxar agora? Aposto que esse banho tinha óleos essenciais!




segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Controle natural de pulgas e carrapatos: primavera à vista!


A primavera chegará em alguns dias e junto com as flores que ela nos traz vêm também um período de maior calor e umidade, propícios para a propagação de carrapatos, pulgas e mosquitos..... e agora?  Como controlar o aumento desses parasitas nos nossos cães e no ambiente sem envenená-los e ao ambiente colocando em risco a saúde dos nossos amigos peludos, dos nossos filhos, da nossa saúde e do ambiente em geral?
                                                                                                                                                               
É incrível como cada vez mais as pessoas utilizam venenos no ambiente e nos cães e esquecem que esses venenos fazem mal para todos os envolvidos no processo. Desde shampoos e sabonetes com venenos fortes que manipulamos ao banhá-los, até coleiras e produtos que passamos sobre sua pelagem e na casa, todos são feitos com substâncias químicas perigosas a nossa saúde  e a saúde dos nossos pets. Importante lembrar que os estudos de segurança desses produtos obedecem a interesses da indústria farmacêutica e são estudos patrocinados por essa indústria com resultados duvidosos. Nenhum estudo avalia, por exemplo, os efeitos do uso de coleiras antiparasitárias por longos períodos de utilização. Não há estudos comparando populações que usaram esses venenos a vida toda, da infância até a senilidade, com populações que não os usaram, relacionando a incidência de câncer, de doenças hepáticas, doenças de pele e a doenças semelhantes nos tutores de cães e gatos que os utilizam. Portanto, fique atento com essa história de que “não faz mal”, ok? Como uma coisa que tem um cheiro fortíssimo de inseticida pode não fazer mal pro seu peludo e pra sua família?


Não esqueça que segundo o ciclo de pulgas e carrapatos os parasitas que você enxerga sobre o cão ou gato corresponde a apenas 5% do total de formas espalhados no ambiente. Traduzindo: para cada cinco pulgas/carrapatos encontrados no seu peludo existem 95 outras formas presentes no ambiente na forma de ovos, pupas e larvas que se transformarão em breve em novos parasitas adultos perpetuando esse criatório na sua casa!


Quais as formas naturais de combate aos parasitas ?
São muitas! Mas tem que ser usadas com mais frequência, nos animais e no ambiente. São elas:

CARRAPATOS

O ideal é a combinação de uma homeopatia interna de Fator Ectocão diariamente na comida ou na água ou direto na boca como descrito na bula do produto ou na loja virtual + fitoterápico de uso interno Tickz  que é usado por 10-15 dias e protege por 2-3 meses, adicionado ao alimento e o Neem para uso no ambiente e nos cães a cada 5 dias. O Ectocão é um bioterápico feito com os carrapatos, bernes e moscas de orelha, em várias fases de vida, que é ultra diluído na forma homeopática e que também age a nível de reprodução, impedindo a proliferação dos carrapatos. O Tickz é uma combinação de fito ativos de várias plantas que agem sinergicamente propiciando o controle de pragas como carrapatos, pulgas, piolhos, bernes e outros.

O Neem age diminuindo a postura de ovos da fêmea e a viabilidade dos ovos no ambiente, é um anticoncepcional que ao longo do tempo vai deixando as carrapatos estéreis!
São muito eficientes mesmo em infestações grandes, mas o efeito não é magico de um dia pro outro. Não desista. Em 40 dias aproximadamente não terá mais o problema ou terá minimizado muito.
O mais novo integrante do grupo de repelentes naturais é o produto ORGAVET que é uma combinação de óleos essenciais (sinergia) e extratos de ação repelente. Um flaconete por cão a cada 15 dias e também pode ser passado no ambiente, diluído em água, conforme explicado no link acima.



PULGAS

Para o controle natural de pulgas usamos medicamentos e manejo ambiental:

Aspirador de pó: usar pelo menos 2 vezes por semana em infestações fortes. Não deixar de colocar um produto anti-pulgas em pó no saco do aspirador, caso você o reaproveite. Todos os ovos, pupas e pulgas adultas aspiradas podem sobreviver dentro do aspirador e se proliferar caso você não tome providências. Uma ótima opção é o homeopático Fator P&P canil em glóbulos. Use 10 glóbulos amassados dentro do saco do aspirador ou também pode utilizar o pó de folhas de neem na quantidade de 2 colheres de sopa de pó dentro do saco do aspirador.

Fator P&P canil: para ser utilizado no ambiente em geral. São glóbulos que diluídos em água podem ser borrifados em todo o ambiente sem causar qualquer dano a bicharada. Sem sabor e sem odor. Usado em caminhas, tapetes, sofás, e em todos os locais onde eles se deitam e que costumam ser os locais onde há a infestação com ovos que eclodem. Esses produtos podem tanto ser diluídos em água e passados com pano ou borrifados, como colocados nos cantos, nas áreas externas, em todos os locais onde os bichos se deitam e onde as pulgas descem pra colocar seus ovos, na forma de glóbulos, pó ou diluídos em água . Também é um produto homeopático que não deixa vestígios tóxicos no ambiente. Usar duas vezes por semana!


Fator P&P animal glóbulos pra colocar na água da turma, no bebedouro. Não tem gosto e é feito com a pulga em todas as suas etapas de crescimento. Produto homeopático. Usar diariamente a cada troca de água, 10 glóbulos por bebedouro independente da quantidade de bichos.

Fator P&P talco, homeopático também, sem cheiro ou sabor. Em gatos gosto mais dessa forma em talco pra usar. Em spray eles não toleram muito.

Repel Neem spraypronto pra uso ajuda no controle de pulgas, moscas, mosquitos e carrapatos em especial.

Agora arregace as mangas e comece essa transformação na sua forma de cuidar e pensar na saúde da sua família!



quarta-feira, 7 de setembro de 2016

MASSOTERAPIA CANINA: Uma nova alternativa de tratamento físico e emocional para seu cão


Hoje trouxe pra vocês um texto que fala da Massoterapia para cães e quem o escreveu foi uma querida estudante de veterinária e amiga, que antes mesmo de resolver fazer Medicina Veterinária fez vários cursos de massoterapia fora do país e já tem uma vasta experiência no assunto. Eu fiquei tão encantada com o trabalho dela, com a palestra que preparou para o Holistipet 2016 que estou indo fazer o próximo curso dela em 09 de outubro /2016 em São Paulo. Aqui vocês tem uma prévia dos lindos e amorosos conhecimentos que essa pessoa de luz nos traz. Grata pelo seu carinho e generosidade Themis!


Massoterapia Canina
A massagem é uma das mais antigas formas de terapia manual conhecidas pela humanidade. Com o passar dos anos, diferentes abordagens foram surgindo ao redor do mundo e, pouco a pouco, os povos foram se dando conta dos benefícios que a massagem traz aos humanos e também aos animais.

A massagem em animais surgiu nos Estados Unidos na década de 1950, quando Jack Meagher, o precursor da técnica, deu início a um trabalho revolucionário de massoterapia com cavalos de corrida.

Após o reconhecimento dos bons resultados obtidos com os equinos, a próxima a ganhar popularidade foi a massoterapia em cães, graças aos diversos benefícios que proporciona à saúde desses animais.



Desde 1970, várias escolas dos Estados Unidos e Inglaterra tem formado novos terapeutas especializados em massoterapia canina ensinando técnicas e aplicações de massagem terapêutica em cães. E agora essa técnica também está disponível no Brasil utilizando metodologia americana e inglesa para beneficiar nossos cães.



Mas, afinal, o que é a massoterapia canina?
 
A massoterapia canina consiste na aplicação de técnicas manuais específicas sobre o cão, com a finalidade de recuperar e manter sua capacidade física. As técnicas são trabalhadas exclusivamente no sistema muscular – área em que os problemas são mais comuns do que costumamos imaginar! Eles podem se manifestar de diferentes formas, sendo a dor a mais comum delas. Essa dor geralmente causa estresse no cão e leva ao desequilíbrio do organismo, tanto fisiológica como psicologicamente.


As técnicas da massoterapia ajudam a melhorar a função muscular e articular, a reabilitar a musculatura lesionada, e a reduzir as dores musculares crônicas ou agudas, bem como tensões e espasmos, normalmente causados por uma doença primária. A aplicação dessas técnicas proporciona ao cão uma melhoria da capacidade de locomoção, redução do estresse, e restauração do equilíbrio físico e emocional.


Quais as situações que posso recorrer a massoterapia canina para meu cão?

A massoterapia canina é uma modalidade com um vasto campo de aplicações dentro da medicina complementar.

Ela é amplamente utilizada para fins terapêuticos, normalmente como parte de um tratamento de alta eficácia para amenizar problemas musculares secundários oriundos de doenças primárias ou pré-existentes como a displasia coxofemoral, displasia de cotovelo, artrite, artrose doença do disco intervertebral e ruptura de ligamento cruzado, entre outras doenças que acometem os cães.

Trata-se de uma técnica não invasiva, que sempre deve ser aplicada por um profissional capacitado e especializado na anatomia e fisiologia dos cães. Ela atua diretamente na reversão de quadros de dores musculares causados pela dificuldade de locomoção, por problema postural, tensão ou lesão muscular, e perda de desempenho, além de auxiliar na recuperação pós-operação e pós-trauma (acidentes), e nos inúmeros problemas decorrentes da velhice.

Algumas situações onde a massoterapia é indicada:

  • Claudicação por causas diversas;
  • Dor muscular;
  • Restrição de movimentos;
  • Perda de força muscular e flexibilidade;
  • Problemas circulatórios;
  • Atrofia muscular decorrente da idade ou não utilização de membros;
  • Pós-cirúrgico para redução de edemas e remoção de toxinas;

Ainda dentro do campo terapêutico, é importante destacar que a massoterapia canina pode ajudar cães de todas as idades e condições físicas. Isso inclui o cão obeso, os cães de raças grandes, os de trabalho, o praticante de esportes, os idosos e claro, o nosso “cão de estimação”.

E quando o objetivo não é um tratamento terapêutico...? Quero proporcionar bem-estar e cuidar da saúde emocional do meu cão!

Sim, você pode ir além do tratamento físico e cuidar do emocional do seu cão, seja através de um profissional capacitado ou através das suas próprias mãos aproveitando para passar excelentes momentos junto ao seu fiel companheiro pois, além da abordagem terapêutica, existem outras formas de usar o toque para promover o bem-estar do seu cão e fortalecer a conexão, o elo que existe entre vocês.

Existem técnicas específicas de massagem que podem ser aplicadas nos cães com o objetivo de reduzir níveis de estresse, sintomas da SAS – Síndrome da Ansiedade por Separação, quadros de depressão e como uma forma imprescindível de cuidado paliativo para cães com câncer.

Quando o objetivo é proporcionar qualidade de vida e bem-estar aos cães, a massagem ou o simples toque com intenção é capaz de provocar mudanças fisiológicas significativas no corpo e no emocional dos cães, proporcionando a eles momentos e melhorias significativas em suas vidas.


A AnimaTherapy acredita na massoterapia canina como um tratamento terapêutico para qualquer cão com problemas musculares, sejam eles devidos à idade ou ao estilo de vida. Acredita, ainda, no poder das mãos e do toque como uma forma intransferível de cuidados da alma e da mente.

Quando você começar a ver os efeitos positivos dessas diferentes técnicas com seus próprios olhos, certamente sentirá uma grande satisfação por saber que está tomando uma postura proativa em relação à saúde física e emocional do seu amigo!

Para agendar uma sessão de massoterapia para seu cão ou obter informações sobre nossos cursos, acesse www.animatherapy.com.br ou entre em contato conosco através do e-mail contato@animatherapy.com.br ou pelo telefone (11) 987262682.

Themis Regina Kogitzki
Instrutora e Especialista em Massoterapia Canina






quinta-feira, 21 de julho de 2016

Neem na prevenção de picadas de pulgas, carrapatos e mosquitos

Quem nos acompanha sabe que nosso carro chefe na profilaxia de infestações por carrapatos, pulgas e contra picadas de mosquitos é o Neem. Já trabalhamos com ele há muitos anos, indicando e vendendo em nossa loja virtual. Esse texto que se segue é um fragmento do texto postado no blog Seu Buldogue Francês que acompanho a muitos anos e cuja editora, Camille Chamonix considero como um exemplo quando o assunto é criação de cães. Esse texto explica as ações do Neem com detalhes e acho que servirá para tirar as dúvidas de muitos leitores. O texto na íntegra está disponível em http://bit.ly/neem-MBF

Na loja virtual do Bicho Integral você encontra o Neem em várias formas: http://bit.ly/neem-bi

Sobre sua ação contra pulgas, carrapatos e mosquitos, o neem age das seguintes maneiras:

1. Inibe a atividade dos neurônios receptores de sensibilidade gustativa da cavidade oral dos insetos, ou seja, faz com que esses insetos não queiram "picar" os nossos animais, por isso é repelente;

2. Caso eles piquem o animal, ocorre uma modificação da fisiologia digestiva do inseto, reduzindo a capacidade alimentar ao longo do tempo, levando o adulto à morte por inanição; 

2. O neem penetra na cutícula dos insetos (ninfas e adultos), inibindo a síntese de quitina. A quitina é a responsável pela rigidez da carapaça. Mas, sem essa proteção, o inseto fica muito susceptível a doenças (fungos e bactérias) e à perda de água, levando à morte por desidratação;

3. O neem que penetrou no inseto causa deformidades, dificultando a locomoção, comunicação sexual e reprodução desses insetos;

4. As fêmeas dos insetos consomem sangue pois precisam de energia para a reprodução e fazer as posturas dos ovos! Com o neem sobre elas, ocorre uma alteração hormonal, fazendo com que a postura seja inibida;

5. O neem fica acumulado no sistema endócrino dos insetos, causando uma barreira cerebral, deixando-os sem saber o que fazer, como comer, pro exemplo;

6. Caso existam ovos e larvas no ambiente, o neem impede que a eclosão dos ovos e causa a morte das larvas muito rapidamente. Por isso, também, no pratinho de água das minhas plantas, borrifo neem;

7. "De quebra", o neem ainda possui atividade bactericida, fungicida e antiviral. Por isso, é usado com muito sucesso no tratamento de dermatites, tão frequentes nos frenchies."

" A utilização do neem é benéfica, porque atua em todo o ciclo de vida das pulgas (ovos, larvas, ninfas e pulga adulta), conforme dissemos acima."

Sobre os mosquitos:

"Falando especificamente sobre os mosquitos - que transmitem leishmaniose, verme do coração, dengue, zika, chikungunya, etc. - o neem tem uma ação muito particular: impossibilita os insetos de criar mecanismos de resistência genéticos a seus compostos, portanto não há "insetos resistentes ao neem". 

Toxicidade

"O neem não é tóxico, não agride a saúde do animal ou a nossa saúde, nem o meio ambiente!"

Temos algumas postagens mais sobre o Neem aqui no blog que podem ajudá-lo a decidir definitivamente sobre mudar de vez o controle de parasitas externos dos seus peludos e colaborara para a saúde deles, de todos os que convivem com eles e ainda do meio ambiente. 

Leia: http://bit.ly/leishmaniose-e-neem 

http://bit.ly/controle-natural-pulgas-carrapatos

No Holistipet - 1o. Congresso Holístico de Cuidados para Cães e Gatos, que realizamos em abril/2016 em parceria com o Cachorro Verde, uma das palestras proferidas pela Dra. Sylvia Angélico foi exatamente sobre esse assunto: 
"Previna pulgas, carrapatos e vermes com alternativas naturais"
O Congresso ainda pode ser adquirido, entre lá e aproveite!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sete vantagens do Uso da Homeopatia em Veterinária:

1. Não requer experimentação cruenta em animais.

2. Não utiliza drogas de elaboração industrial, artificial, tóxicas e/ou contaminantes.

3. Pode prescindir de vacinas ou outros meios artificiais para a prevenção das chamadas enfermidades contagiosas evitando assim, muitas vezes, sérios efeitos colaterais negativos.

4. Promove de forma terapêutica e favorece ideologicamente mudanças de atitude vital, tanto dos pacientes quanto dos terapeutas e cuidadores, ajudando na construção de um mundo melhor.

5. Custo baixo!

6. Trata surtos epidêmicos em populações tanto de forma profilática quanto terapêutica.

7. Ao reequilibrar a energia vital do enfermo atua sobre o organismo como um todo (holos) melhorando não só os sintomas físicos como também os mentais, melhorando as relações com o ambiente, os sofrimentos, os medos, etc.