terça-feira, 6 de setembro de 2011

Acupuntura e Quiropraxia Veterinárias: O quê, Quando, Quem?



Por Ed Boldt, Jr., DVM
Alternative therapy – Aug 22nd, 07
Traduzido (livre) e adaptado de http://www.aaep.org
Disponível em: http://www.quirotherapy.com/acupuntura-e-quiropraxia-veterinarias

O uso de terapias “complementares” continua a crescer dentro da prática veterinária. Enquanto há uma miríade de modalidades que se encaixam neste termo bastante amplo, as duas mais utilizadas são a acupuntura e a quiropraxia (às vezes referida como terapia manual). Sabe-se que a medida em que uma quantidade crescente da população lançam mão das terapias complementares para sua própria saúde, estes indivíduos então buscam tais terapias para seus animais. Deve-se frisar que o termo “complementar” é o correto para o uso da acupuntura e quiropraxia veterinárias.
Estas terapias complementam nosso tratamento veterinário convencional ou de rotina. São acessórias, não substitutos.
Esta demonstração tem como objetivo lhe informar sobre o que é a quiropraxia veterinária, quando pode ser utilizada para ajudar seu cavalo e quem você deve procurar para estes serviços.

O QUE É A QUIROPRAXIA?
O tratamento quiroprático foca na saúde e função apropriada da coluna vertebral; entretanto, a pelve, membros e cabeça também são considerados. A quiropraxia usa forças controladas aplicadas a articulações específicas ou regiões anatômicas para causar uma resposta terapêutica devido a mudanças induzidas nas estruturas articulares, função muscular e reflexos neurológicos. O princípio comum em toda a teoria quiroprática é que a disfunção articular afeta o balanço neurológico normal encontrado em indivíduos saudáveis. A coluna vertebral deve ser considerada do ponto de vista da “unidade motora”. Esta consiste em duas vértebras adjacentes e as estruturas dos tecidos moles associados – músculos e ligamentos, nervos, vasos sanguíneos e todo o conteúdo do espaço intervertebral. Qualquer ruptura da função normal da unidade motora é definida como “complexo de subluxação vertebral”. Ajustes são então feitos para se corrigir esta ruptura e restabelecer o movimento normal da articulação. Do ponto de vista do quiropraxistas, não há “osso fora do lugar”.



QUANDO VOCÊ DEVE PROCURAR UM QUIROPRAXISTA?
Sintomas associados com um problema
Dor é o sintoma comum que um cavalo exibe que sugere a indicação benéfica da quiropraxia. Sinais que podem ser associados com um complexo de subluxação vertebral e sugerir a necessidade do tratamento quiroprático:
- postura anormal ou variável quando em pé;
- desconforto quando selado ou montado;
- cabeça e pescoço estendidos ou costas arqueadas – tensão cervical e na coluna;
- chicotear a cauda;
- queda de performance;
- desenvolvimento de comportamento anormal;
- expressão facial de dor ou apreensão;
- sensibilidade ao toque;
- anormalidades na andadura – passada mais curta em um ou mais membros
- atrofia muscular;
- incapacidade de engajar os membros posteriores;
- incapacidade do cavaleiro de sentar corretamente na sela;
- incapacidade de dobrar o pescoço;
- problemas musculoesqueléticos;
- todos os fatores contribuintes que levam a problemas musculoesqueléticos devem ser considerados durante um exame, incluindo ambiente, uso, ferrageamento, cavaleiro e sela.

Síndrome do Navicular /Dor nos talões
Estudos mostram que a acupuntura pode ser efetiva no controle da dor na síndrome do navicular. Esta condição pode responder bem ao uso da acupuntura como parte de um tratamento geral para dor. Como nos tratamentos convencionais para estes problemas, fatores contribuintes como balanceamento do casto e ferrageamento são extremamente importantes. Considerar e equilibrar o corpo todo do cavalo com acupuntura e quiropraxia irá proporcionar os melhores resultados.

Laminite
A acupuntura pode ser muito benéfica na laminite aguda. Sinais de diminuição da dor local (mudança na postura) podem ser geralmente vistos em minutos de tratamento. Todo o cavalo deve, novamente, ser levado em consideração para alcançar os resultados terapêuticos máximos. A acupuntura e quiropraxia podem ser necessárias para aliviar os espasmos da coluna e pelve vistos devido às mudanças de apoio freqüentes (jogar o peso para trás) vistas na laminite aguda. Na laminite crônica, a acupuntura é geralmente mais benéfica, ajudando na dor generalizada corporal e tratando os problemas subclínicos do indivíduo, em um ponto de vista da medicina tradicional chinesa. A fitoterapia pode também ser muito benéfica em ambos os casos de laminite, aguda ou crônica.

Dor Toracolombar
A dor na área lombar baixa, onde as vértebras torácicas e lombares se encontram, é normalmente secundária ou compensatória. Os benefícios do uso da acupuntura e quiropraxia são a palpação e exame dinâmico. Não apenas a patologia local é melhor reconhecida, como às vezes a dor em certas ares pode levar o veterinário a examina outra área que possa estar primariamente causando a dor. O exame pode frequentemente encontrar que a causa da dor é, na verdade, uma sela mal ajustada. Aconselhar o cliente ou mudar a sela ou manta são todas as medidas necessárias para resolver o problema. A dor toracolombar crônica pode se tornar o problema primário, se persistir após a resolução de outros problemas. A acupuntura e quiropraxia podem ajudar no tratamento de todas as dores toracolombares – primárias, secundárias ou agudas.

Problemas Lombossacros e Sacropélvicos
Problemas na área onde as vértebras lombares e sacrais se encontram e na área da garupa podem ambas se beneficiar com o exame da palpação e o uso da acupuntura e quiropraxia. Geralmente, uma boa palpação nestas áreas pode diminuir a área afetada, trata-la e indicar quando outros diagnósticos ou terapias são necessários. Problemas em membros inferiores podem ter um papel na causa da dor nas áreas lombossacra e sacropélvica.
Entretanto, problemas nestas áreas podem ser primários (devido a trauma) ou se tornar primárias após o problema dos membros pélvicos terem sido resolvidos. Como mencionado anteriormente, problemas nessas áreas podem causar também dor compensatória nos jarretes e às vezes boletos. Resolvendo o problema na pelve, a dor nos boletos e jarretes pode ser resolvida.

Dor Cervical
A acupuntura e quiropraxia podem ser úteis de muitas formas para problemas nesta área. Primeiro, o método de exame de palpação ajuda na identificação de onde a dor se origina e pode até levar a outros diagnósticos daquela área. Os dois tratamentos podem ser eficazes para eliminar a dor nesta área. É de importância vital que apenas um acupunturista ou quiropraxista treinado adequadamente faça o tratamento

Problemas Neurológicos
Síndrome de Wobbler
Acupuntura e em certo grau a quiropraxia podem ser benéficos em todas as formas desta síndrome, mas devem ser utilizadas com extrema cautela. Um diagnóstico completo, incluindo radiografia, deve ser realizado antes de iniciar o tratamento. Novamente, um exame completo pode ajudar em localizar e aliviar problemas compensatórios, mas isto deve ser feito por um veterinário.

Diminuição Libido / Contagem Espermática
Geralmente estas condições são decorrentes de dor. Ambos os tratamentos podem ser úteis para determinar a localização da dor e trata-la. Muitas vezes um garanhão pode sofrer de dor lombar ou pélvica e isto causar relutância na cobertura de éguas ou manequim. Estresse podem também contribuir para estes problemas.

Problemas Comportamentais
Muitos dos problemas comportamentais dos cavalos são em resposta à dor. Cavalos reagem a dor sendo evasivos ou agressivos, já que se livrar da dor não é uma opção. Como discutido anteriormente, a acupuntura e quiropraxia podem localizar e tratar a localização e fonte da dor.

QUEM VOCÊ DEVE PROCURAR PARA ESTES SERVIÇOS?
É importante que você procure por um veterinário que tenha treinamento adicionar em acupuntura e quiropraxia para tratar do seu cavalo. Sem um entendimento apropriado da anatomia do cavalo e os problemas em potencial, um plano de diagnóstico e tratamento não pode ser feito.

Referências:
Ma, Ma, & Cho Biomedical Acupuncture for Pain Management: An Integrative Approach, Missouri, Elsevier, 2005.
Baldry, P. Acupuncture, Trigger Points and Musculoskeletal Pain, Elsevier, 3rd Edition, 2005.
Haussler, K. Equine Chiropractic: General Principles and Clinical Applications, in Proceedings. Am Assoc Equine Pract 2000; 46:84-93.
Willoughby, S. Equine Chiropractic Care. Port Byron, IL. Options for Animals, 1991.
Hackett, G., Spitzfaden, D., May, K., Savoldi, M., Dodd, M. Acupuncture: Is It Effective for 6Alleviating Pain in the Horse?, in Proceedings. Am Assoc Equine Pract 1997; 43:333-335.
Xie, H., Ott, E.A., Colahan, P. Influence of Acupuncture on Experimental Lameness in Horses, in Proceedings. Am Assoc Equine Pract 2001; 47:347-357.
Alvarenga, M.A., Ferreira, J.E.P., Meira, C., Luna, S.P.L., Burns, P.J. Induction of Luteolysis in Mares Utilizing a Micro-dose of Prostaglandin in the Sacral Lumbar Space Space (Bai Hui Acupoint), in Proceedings of the 24th Annual Intl Congress on Vet Acup. IVAS 1998; 24:169-171.
Steiss, J. Neurophysiological Basis of Acupuncture. In: Schoen AM, ed. Veterinary Acupuncture:Ancient Art to Modern Medicine, 2nd ed. St. Louis, MO: Mosby Publications, 2001:24-46.
Ridgway, K. Diagnosis and Treatment of Equine Musculoskeletal Pain. The Role of the Complementary Modalities: Acupuncture and Chiropractic, in Proceedings. Am Assoc Equine Pract 2005; 51:403-408
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sete vantagens do Uso da Homeopatia em Veterinária:

1. Não requer experimentação cruenta em animais.

2. Não utiliza drogas de elaboração industrial, artificial, tóxicas e/ou contaminantes.

3. Pode prescindir de vacinas ou outros meios artificiais para a prevenção das chamadas enfermidades contagiosas evitando assim, muitas vezes, sérios efeitos colaterais negativos.

4. Promove de forma terapêutica e favorece ideologicamente mudanças de atitude vital, tanto dos pacientes quanto dos terapeutas e cuidadores, ajudando na construção de um mundo melhor.

5. Custo baixo!

6. Trata surtos epidêmicos em populações tanto de forma profilática quanto terapêutica.

7. Ao reequilibrar a energia vital do enfermo atua sobre o organismo como um todo (holos) melhorando não só os sintomas físicos como também os mentais, melhorando as relações com o ambiente, os sofrimentos, os medos, etc.