sexta-feira, 4 de outubro de 2013

São Francisco de Assis e o Dia Mundial dos Animais

O dia 04 de outubro é um dia muito especial para os amantes dos animais. Nesta data, os nossos pequenos companheiros são lembrados e prestigiados. Não tem como falar em animais e esquecer o seu padroeiro: São Francisco de Assis.
A história de vida de São Francisco de Assis é uma das mais bonitas. Nascido na Úmbria (perto de Assis),
Itália, em 1182, seu nome era Francisco Bernardone. Filho de um rico comerciante de tecidos, teve uma adolescencia fútil, vivendo na companhia de boêmios e, por isso, aos 20 anos foi aprisionado. Depois de libertado, voltou à boêmia, porém gradativamente foi sentindo desinteresse pela vida de farras.
Foi aos 26 anos que a sua vida mudou. O jovem Francisco entrou na igreja de São Damião, praticamente arruinada, e lá teve a visão de Jesus Cristo. Conta-se que Jesus lhe pediu que restaurasse a pequena igreja. Tomado pela fé, Francisco vende todas as mercadorias da loja de seu pai e utiliza o dinheiro para reconstruir o pequeno santuário.
A partir daí, Francisco passou a dar o que comer e vestir aos pobres, despertando a fúria de seu pai, que o deserdou. Neste momento, Francisco tirou suas vestes, entregou-as ao seu pai Pedro e disse-lhe: “Até agora o chamei de pai, mas agora direi com razão: meu pai está no céu, porque Nele depositei minhas esperanças”. Em seguida, vestiu uma túnica de algodão e maltrapilho saiu pelo mundo. 



Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem… Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida. (São Francisco de Assis).
Aos poucos, Francisco foi conquistando adeptos e era comum vê-lo pregar a palavra de Jesus e seu lema tornou-se: Paz e Bem. Em suas jornadas, sempre estava acompanhado por pássaros e outros animais que o tratavam com a confiança e dedicação a que se tem a um dono.
Com o passar do tempo, São Francisco foi admirado por seu voto de pobreza, humildade, liberdade religiosa, além da grande bondade com todos os seres vivos, em especial os animais. Não existiu homem que fosse estranho ao seu coração: leprosos, bandoleiros, nobres ou plebeus; todos eram seus irmãos. Mais ainda, ninguém como ele irmanou-se tanto com o universo: foi irmão do Sol, da água, das estrelas e dos animais. Francisco de Assis foi canonizado em 1228 e seu culto é associado à “proteção dos animais”.
Em 1979, o Papa João Paulo II proclamou-o santo patrono dos ecologistas.

Fonte: Portal Terra
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sete vantagens do Uso da Homeopatia em Veterinária:

1. Não requer experimentação cruenta em animais.

2. Não utiliza drogas de elaboração industrial, artificial, tóxicas e/ou contaminantes.

3. Pode prescindir de vacinas ou outros meios artificiais para a prevenção das chamadas enfermidades contagiosas evitando assim, muitas vezes, sérios efeitos colaterais negativos.

4. Promove de forma terapêutica e favorece ideologicamente mudanças de atitude vital, tanto dos pacientes quanto dos terapeutas e cuidadores, ajudando na construção de um mundo melhor.

5. Custo baixo!

6. Trata surtos epidêmicos em populações tanto de forma profilática quanto terapêutica.

7. Ao reequilibrar a energia vital do enfermo atua sobre o organismo como um todo (holos) melhorando não só os sintomas físicos como também os mentais, melhorando as relações com o ambiente, os sofrimentos, os medos, etc.