Giárdia em cães e gatos - e agora?




Giardíase é uma doença causada por protozoário Giardia spp. através da ingestão de cistos eliminados nas fezes de animais parasitados, que podem contaminar o ambiente, água e alimentos. Pode acometer animais domésticos, silvestres e humanos, com elevado potencial zoonótico de transmissão, ou seja, animais parasitados podem infectar humanos e humanos podem infectar animais


Os cistos são expelidos para o ambiente através das fezes do indivíduo contaminado e são extremamente resistentes no ambiente e a maioria dos desinfetantes.



Clinicamente pode apresentar-se na forma assintomática, especialmente em indivíduos imunocompetentes, ou causar sintomas clínicos, especialmente em animais imunossuprimidos e filhotes. Em ambos os casos há disseminação de oocistos no ambiente através da defecação


A manifestação clínica surge após uma atrofia de vilosidades e microvilosidades intestinais, causando uma digestão ineficiente dos alimentos e má absorção de nutrientes que podem vir a causar sinais clínicos persistentes ou intermitentes – com interrupções e reinício dos sinais e sintomas


SINTOMAS: Fezes amolecidas, pálidas, de odor forte, com ou sem a presença de muco, com ou sem a presença de sangue, além de gases, dor abdominal, enjoôs e vômitos. O apetite pode variar de normal a anoréxico


DIANÓSTICO:

- parasitológico de fezes com 3 amostras com intervalos de 3-5 dias – podem ocorrer falsos negativos já que a eliminação de cistos é intermitente

- Elisa específico para Giardia – baseado na identificação do antígeno, muito rápido, sensível e eficiente no diagnóstico desse parasita

- PCR – análise biomolecular do agente – alta especificidade e precisão



TRATAMENTO NATURAL

Temos utilizado há pelo menos 10 anos, com muita eficiência, o Fator Diprotozoo que é um composto homeopático feito com nosódios dinamizados de protozoários - Cystoisospora SP, Cryptosporidium parvum, Entamoeba hystoliticae Giardia spp, além da Dirofilaria immitis que é um nematoide (verme redondo), também chamado de “verme do coração”

Outra possibilidade de tratamento e prevenção, nesse caso apenas da Giardia, é o Fator Giarzoo, que contêm exclusivamente nosódio dinamizado de Giardia Spp

Ambos os medicamentos homeopáticos podem ser utilizados em protocolo de prevenção e/ou tratamento da Giardíase



PROTOCOLOS SUGERIDOS:

Prevenção: 5 glóbulos duas vezes ao dia, diretamente na boca ou diluído em pequena quantidade de água e oferecido na seringa, ou ainda misturado ao alimento

Tratamento: 5 glóbulos quatro vezes ao dia, diretamente na boca ou diluído em pequena quantidade de água e oferecido na seringa, ou ainda misturado ao alimento



DICAS IMPORTANTES:

- não deixe seu bicho beber água de poças, piscinas ou qualquer fonte de água parada
- troque a água dos bebedouros diariamente
- não permita que comam grama ou terra em locais públicos para evitar contaminação
- em caso de infestação é importante não dormir com o animal contaminado, lavar sempre as mãos depois de manipulá-los e usar desinfetantes a base de amônia quaternária ou vassoura de fogo nos locais reservados para a defecação



Postagens mais visitadas